Cultura

Samba e Negritude: uma roda de historias e boa música na zona leste de SP

“Samba & Negritude” – Uma conversa sobre as comunidades negras do samba, carnaval, indústria fonográfica e para discutir o papel do samba como organizador da população negra no combate ao racismo, acontece no próximo dia 25 de Março, na Zona Leste de SP

 

Por Negrume

 

A indústria Cultural se mostra ao longo dos anos tão racista quanto tantas outras indústrias. Esvaziamento de significados e símbolos, deslocamento de protagonismos e desrespeito a bases culturais, dentre outros crimes.

 

Atualmente a discussão sobre Apropriação Cultural está acontecendo graças as denúncias constantes da população NEGRA que não tolera mais ser roubada e enganada.

 

Nesse contexto é cada vez mais relevante e importante estudar e questionar o avanço da branquitude nos sambas através dos tempos. A entrada de empresários, carnavalescos e pessoas BRANCAS de fora das comunidades do samba, fez com que através dos tempos a manifestação cultural se distanciasse de suas origens, impediu um maior avanço anti-capitalista e anti-racista e em alguns locais descaracterizou o samba como estética musical e voz negra da cultura brasileira.

 

Convidamos a todxs para bater um papo sobre o racismo no samba, carnaval e indústria cultural.

 

Esta edição da roda do NEGRUME surgiu a partir da leitura dos livros “Samba Negro, espoliação branca” de Ana Maria Rodrigues, “Batuque memorável do Samba Pauistano” de Carlos Gomes e “Carnaval em branco e Negro” de Olga Rodrigues de Moraes Von.

 

Convidadxs:

CAROL NASCIMENTO, cantora, compositora e membra da roda de samba Sambadas.

MARIA HELENA EMBAIXATRIZ, cantora e embaixatriz do samba de São Paulo.

SELITO SD, cantor, compositor, pesquisador e membro da roda de samba do Cordão da Mentira.

OSWALDO FAUSTINO, Jornalista e escritor.

TANIA REGINA PINTO, Jornalista, educomunicadora e blogueira no blog “Primeiros Negros”.

MOISÉS DA ROCHA, produtor, pesquisador e radialista do programa “O samba pede passagem”.

 

Data: 25/03 Sábado
Local: CEU Lajeado (Guaianases)
Horário: 14h às 18h

 

Como chegar: Descer na estação Guaianases da CPTM e pegar a lotação Jd. Fanganiello (10min)

 

Você também pode gostar