Direitos da Criança e do Adolescente

Festival musical contra a redução da maioridade penal em São Paulo

unnamed

DIGA NÃO À REDUÇÃO! #‎15CONTRA16

Festival Musical Contra a Redução da Maioridade Penal acontece nesse final de semana em São Paulo

#MobilizaçãoSocial

No próximo sábado, 22 de agosto, a partir da 11h, acontece um grande ato político-cultural na Avenida Maria Cursi, em São Mateus, o “Festival Musical #15contra16”. Show com muita música e intervenções artísticas em favor da vida da juventude.

O título #15contra16 foi criado durante um passeio do grupo de adolescentes da Imprensa Jovem da Escola Municipal Coelho Neto de São Mateus, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). A mobilização, que tem como missão alcançar os jovens, teve início através das redes sociais. Para participar, basta gravar um vídeo de 15 segundos argumentando contra a PEC 171 ou tirar fotos com as plaquinhas disponíveis na página oficial do evento e publicar com a hashtag #15contra16.

A programação do festival conta com diversos artistas que se apresentam em prol da causa, entre eles: MC Léo da Baixada, MC Medrado, Engrenagem Urbana, Parábola, Banca Audácia, Ballet Afro Koteban, Tati Botelho, Rocha e discotecagem com DJ Naves.

O porquê do Festival

Segundo a ONU, se as infrações cometidas por adolescentes e jovens forem tratadas exclusivamente como uma questão de segurança pública e não como um indicador de restrição de acesso a direitos fundamentais, à cidadania e à justiça, “o problema da violência no Brasil poderá ser agravado, com graves consequências no presente e futuro”. A violência impede que parte significativa dos jovens brasileiros usufrua dos avanços sociais e econômicos alcançados na última década e revela um inesgotável potencial de talentos perdidos para o desenvolvimento do país.

Visto que os jovens negros das periferias serão os principais atingidos por essa medida, o evento tem o objetivo de ‘educar politicamente’ esses jovens através da ferramenta cultural mais veiculada nas periferias – a música – e fazê-los pensar sobre o cenário político que está indo contra o direito de viver.

O evento é realizado por um comitê com diversos membros da sociedade civil, ativistas e membros de Movimentos Sociais, apoiado pelo plano “Juventude Viva” (São Paulo), Subprefeitura de São Mateus, Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Secretaria Municipal de Cultural e artistas.

O projeto tem como objetivo maior informar e fortalecer jovens e adolescentes, principais vítimas da negação de direitos dentro desse país desigual, tornando-os capazes de protagonizara luta contra a redução da maioridade penal.

Visamos levar a discussão, atualmente alocada nas esferas do poder público, para as pontas da cidade e traduzi-la para que se faça compreendida na periferia. Ao promover uma grande mobilização unificada da juventude, o evento pretende, enquanto espaço de encontro e festa, incentivar os jovens e adolescentes repensarem os processos sociais e políticos aos quais estão submetidos. Colaborar nos processos de conscientização sobre a necessidade de participação e engajamento político e, dessa forma, no próprio exercício da cidadania também é objetivo desse festival.

Para tanto, os idealizadores e organizadores do festival, sabendo que o movimento não começa, nem termina na festa, estão há meses mobilizando a juventude, principalmente a periférica, através das redes sociais e da participação em eventos afins para discutir sobre os contextos nos quais vive a juventude dos grandes centros urbanos como São Paulo. Que a poesia e os sonhos prevaleçam! Que a juventude viva!

Como colaborar para a realização do evento?

Links do Facebook para compartilhar:

 SERVIÇO:

O quê? Festival Musical #15contra16.

Onde? Avenida Maria Cursi,  esquina com a Mateo Bei, próximo do terminal de ônibus de São Mateus – São Paulo -SP.

Quando? Próximo sábado, 22 de agosto das 11h às 17h.

Quanto? Gratuito.

Gabriela Vallim

Email:gabrielavallim.cust@gmail.com

Tel.: 9 8427-0211 ( Tim/Whatsapp)

Renata Prado

Email: renataprado.pedagogia@gmail.com

 

 

Você também pode gostar